Em 2020, o Walk&Talk decorre de 9 a 19 de julho. O programa da nova edição, designada “9.5”, acontece entre a esfera global, através de uma plataforma online que será a porta de entrada para o festival, e o local ou onsite – com projetos a apresentar em São Miguel, nos Açores.
Em 2020, o Walk&Talk iria celebrar a sua 10ª Edição. Face à evolução da pandemia COVID-19 em Portugal e no Mundo, a Direção do Festival optou por adiar a 10ª Edição para 2021, salvaguardando o bem-estar e os compromissos com artistas, curadores e elementos da equipa, profissionais que enfrentam uma situação acrescida de vulnerabilidade laboral, devido ao impacto da pandemia no setor cultural à escala global.

Essa decisão permitiu criar espaço para desenhar uma nova edição. “9.5” foi a forma do festival continuar, adaptando-se a esta nova realidade e como forma de refletir sobre a própria estrutura do Walk&Talk, agora e no futuro.

O resultado é uma edição que se pensa entre esta nova necessidade de imaterialização e a fisicalidade intrisica do Walk&Talk. É uma edição online e onsite, transitando entre lugares, propondo novos mapeamentos e ensaiando circuitos alternativos de interações e afetos. É um teste à forma como continuamos a mover ideias entre lugares.
Todos os projetos estão interligados entre as diferentes plataformas que o Walk&Talk vai utilizar, que agrupamos entre online e onsite. De uma forma geral, os projetos artísticos apresentam variações e traduções entre as duas dimensões, onde o online oferece uma experiência virtual e global e o onsite permite uma interação física e local.

Online 9.5 - a plataforma online é o ponto de partida para explorar os vários projetos artísticos, bem como para aceder a conteúdos áudio (como podcasts e a Rádio 9.5), eventos live (transmitidos em streaming) e um chat comum (onde todos podemos conversar).

Onsite 9.5 - esses mesmos projetos continuam e expandem-se a vários locais da ilha de São Miguel, através da apresentação de instalações, performances e screenings.

Ex: um projeto vídeo no Online pode ter uma tradução numa instalação no onsite, e apresentar um programa dedicado na Rádio 9.5.
A Edição 9.5 arranca a 9 de julho com a inauguração da plataforma online às 18h00 e a abertura da mostra do Atelier Brum + Atelier Caldeiras em São Miguel, entre as 16h00 e as 21h00, seguindo todas as recomendações da Direção Geral de Saúde.

Como em qualquer festival, os projetos e atividades são sendo apresentados e acontecem de forma cronológica, dia-a-dia, até 19 de julho.
Pode aceder diretamente à plataforma online 9.5 através do www.9.5.walktalkazores.org (disponível a partir de 9 de julho).
A “Rádio 9.5” é uma rádio temporária, transmitida em FM e online durante o período do Festival.

Surgiu como proposta dos próprios artistas, e cria um espaço comum entre a esfera global (transmissão em streaming) e a comunidade local (transmissão FM). Vai partilhar os conteúdos do festival e pretende gerar proximidade social, através de um programa com múltiplas vozes, mas construído em comum.

Estará acessível em streaming em www.9.5.walktalkazores.org e em frequência FM 90.5 (apenas em Ponta Delgada, São Miguel, Açores)
Os conteúdos da Edição 9.5 serão apresentados em estreia ao longo do festival e vão permanecer acessíveis ao público na plataforma online após o evento, constituindo um arquivo intemporal que vai permitir refletir sobre a produção artística no momento atual e apoiar a preparação da 10ª edição do Walk&Talk em 2021.

As traduções dos projetos no onsite vão variar entre ações mais efemeras e instalações permanentes na ilha de São Miguel.
Na edição 9.5, todas as atividades, online e onsite, são gratuitas.
A Summer School Walk&Talk destina-se a jovens entre os 16 e os 21 anos e possibilita a interação com artistas/curadores, através da realização de várias aulas e sessões teórico-práticas, entre os dias 6 e 15 de julho, nas plataformas Zoom e WhatsApp. A inscrição deverá ser feita até 2 de julho, através do formulário. Mais informações aqui.
Face à evolução da situação epidemiológica na Região Autónoma dos Açores e perante a retoma das atividades que têm sido levadas a efeito na Região, todas as atividades promovidas pela Anda&Fala - Associação Cultural estão a seguir as orientações da Direção Regional da Saúde, disponíveis para consulta na Circular Informativa n.º DRSCINF/2020/54.
Os artistas não se vão descolar à ilha, mas a equipa W&T estará no local para ativar todos os projetos. É um exemplo de nossa interdependência e uma oportunidade de destacar todos os trabalhadores do setor artístico, como produtores e técnicos, e sua importância nas economias de produção e pensamento.
Podem encontrar o mersh e outros artigos na loja online do W&T. São objetos desenhados por designers e artistas e realizados em colaboração com parceiros, fornecedores e artesãos locais.
Se precisares de mais informações ou tiveres dúvidas adicionais, contacta-nos através do info@walktalkazores.org.